Wednesday, December 21, 2005

Tuesday, December 20, 2005

O pigmeu que morreu

Eu ia postar uma imagem, mas a net está muito lenta e não vai dar...
Por isso aqui vai mais um dos meus fantásticos poemas de que toda a gente gosta:

Cá estou eu
aqui a postar
sobre um pigmeu
que vi a cagar.

O gajo era pequeno
e tinha carapinha.
Naquele clima ameno
do filme "África minha".

Matei o pigmeu
porque me roubou a saca.
A vontade que me deu
de o desmembrar com uma faca.

Então veio um crocodilo
que o viu morrer.
Estávamos longe do rio Nilo
mas mesmo assim lá estava ele a comer.

Aqui termina a minha história
fantástica mas tosca.
Matei aquela escória
como quem mata uma mosca.

O pigmeu que morreu

Eu ia postar uma imagem, mas a net está muito lenta e não vai dar...
Por isso aqui vai mais um dos meus fantásticos poemas de que toda a gente gosta:

Cá estou eu
aqui a postar
sobre um pigmeu
que vi a cagar.

O gajo era pequeno
e tinha carapinha.
Naquele clima ameno
do filme "África minha".

Matei o pigmeu
porque me roubou a saca.
A vontade que me deu
de o desmembrar com uma faca.

Então veio um crocodilo
que o viu morrer.
Estávamos longe do rio Nilo
mas mesmo assim lá estava ele a comer.

Aqui termina a minha história
fantástica mas tosca.
Matei aquela escória
como quem mata uma mosca.

Wednesday, December 7, 2005

O vencedor do «concurso» do melhor blog dos meus links é...

O blog Gavevictim, com apenas dois votos (não houve muitos votos, não...).